Prazer, sou a SAFIRA!

ATENÇÃO: meu atendimento tântrico não acontece relação sexual porque não há necessidade e posso comprovar!

Quero convidar você a conhecer o meu espaço Agni Tantra & Terapias Holísticas para ter uma experiência incrível através do meu toque ou se aprofundar nos assuntos espirituais!

Te ajudo a se conectar com a energia vital, mudando sua visão sobre si mesmo e melhorando seu desempenho diariamente diante dos obstáculos na sua vida.

As terapias que ofereço trazem bem-estar emocional, psíquico e consequentemente energético. Você sairá renovado!

 Meus principais serviços alternativos:
. Massoterapia tântrica (melhora as disfunções sexuais – ejaculação precoce ou retardada – ereção – baixa libido, traumas e bloqueios)
. Tarot (conselhos da espiritualidade trazendo direcionamento nas questões apresentadas)
. Mesa radiônica / radiestesia (limpa o campo energético que está negativado)

ACESSE MEU SITE PARA CONHECER TODAS AS TERAPIAS E OBTER MAIS INFORMAÇÕES:

https://agnitantra.com.br/

  • Realizo atendimento para homens e mulheres;
  • Forma de pagamento: dinheiro, pix, cartão de débito e crédito;
  • Horário e dias de atendimento: todos os dias, de 09h às 22h.
  • Garagem para sua comodidade!

Contatos:

(31) 99263-2033

✅ Anunciante com identidade verificada.

Atendo em Belo Horizonte.

4 avaliações para “Safira Terapeuta”

Avaliação Geral: 5
  • Ótima terapeuta!

    Safira é uma das terapeutas mais conceituadas de Belo Horizonte! O espaço dela é perfeito e sua massagem tântrica magnífica!

    por: Marques | 5 meses atras

  • Excelente atendimento!

    O trabalho tântrico da Safira é espetacular! Aproveitei para conhecer jogada de cartas e reiki, incrível também.

    por: Túlio | 4 meses atras

  • Lucas Aquino

    Adorei o atendimento. Saí revigorado da sessão tântrica, Safira tem bastante conhecimento nas terapias que realiza. Tenho costume de receber em SP, mas essa foi a melhor. Educada e linda! Agrada qualquer homem.

    por: Lucas Aquino | 2 meses atras

    Safira tem muito amor próprio e com isso acaba transmitindo esse sentimento para o atendimento.

    por: Meire | 3 dias atras